Rafa Câmara teve grande recuperação na International Rok Cup

  • por Flavio Quick
  • 29 out, 2015

Em sua primeira competição na Europa, piloto do Recife competiu contra 116 adversários

Neste sábado (17) o Kartódromo South Garda, am Lonato, no norte da Itália, recebeu a edição 2015 da International Rok Cup. Competindo na categoria Mini Rok, com um total de 116 pilotos apenas nesta classe, o brasileiro Rafael Câmara (Gmax Corp | TR3) conseguiu se destacar após problemas na classificação e terminou a competição no 35º lugar da classificação "B".


Com apenas dez anos de idade e nenhuma experiência em competições na Europa, Câmara chegou À Itália disposto a aprender. Amparado por seus pais, sempre muito presentes, o piloto logo no primeiro dia se preocupou em ajudar a equipe a preparar um kart perfeito desde os ajustes de pedais, banco, posição de volante, até os lastros. Em uma classe que recebia competidores de até 13 anos, Rafa tinha que estar com tudo perfeito para que ele pudesse pilotar.

Infelizmente durante os treinos livres a chuva se fez presente quase que por todo o tempo, impossibilitando que os competidores que não conheciam a pista pudessem fazer uma correta adaptação ao traçado. Assim, apenas na última sessão o brasileiro conseguiu andar com a pista seca e, sem parâmetros, achou que ainda havia muito para melhorar.

A tomada de tempos foi disputada na manhã de quinta-feira e Câmara, com um kart que se apresentava muito estranho na pista, fez apenas o 93º tempo. "Ficamos vendidos em uma situação que nem ao certo imaginávamos. O Tony Kart que Rafa recebeu para a competição estava empenado e, com a chuva dos primeiros dias, não era possível determinar que existia este problema. Só na hora da tomada, que tivemos a pista seca, que foi possível notarmos isso. Mandamos de imediato o equipamento para a gabaritagem e, esperamos que fique perfeito para as corridas classificatórias", comentou Amaro Câmara, pai do piloto.

Conforme os tempos conquistados os pilotos foram separados em oito grupos que se enfrentaram entre si em três corridas classificatórias. Realmente o kart de Rafael apresentou uma melhora bastante significativa e, nessas corridas, o piloto conseguiu mostrar o seu potencial. Mesmo competindo em uma pista nova, com chassis, motor e pneus diferentes, o pequeno brasileiro mostrou toda a sua garra e determinação ao fazer três belíssimas corridas de recuperação. Partindo em todas eles do fim do pelotão, resultado de uma tomada de tempos com o chassis empenado, Câmara ignorou qualquer concorrente ao seu lado, fez grandes ultrapassagens e recebeu as bandeiradas na 21ª, 15ª e 15ª posições. Pela coma dos resultados ele ficou com 51 pontos perdidos o que acabou lhe deixando fora das corridas finais.

"Foi uma experiência muito válida e rica para a carreira de Rafael. Sabíamos que não seria fácil, mas, também não foi tão difícil quanto imaginávamos. Se não fossem os treinos debaixo de chuva, tenho certeza que teríamos notado o problema do chassis muito antes e, com isso, o Rafa poderia ter aproveitado mais. O aprendizado extremamente valioso e somente temos a agradecer a oportunidade de termos competido neste evento. Com certeza no ano que vem estaremos aqui, já com uma experiência bem maior e, mais uma vez, lutaremos para ir às finais", comentou Amaro Câmara, pai do piloto.

Fotos: Divulgação - Quick Comunicação

Confira o site de Rafael Câmara: www.rafacamara.com.br
Curta a fã page de Rafa no Facebook: www.facebook.com/RafaelCamaraPiloto

por Fernanda Goncalves 25 set, 2017

O piloto de kart Rafael Câmara teve mais um fim de semana para comemorar, dessa vez pela sétima etapa da Copa São Paulo Light de Kart, no Kartódromo de Aldeia da Serra, em Barueri, na Grande São Paulo. Na manhã de sábado (dia 23), o piloto de 12 anos venceu as duas baterias disputadas e assumiu a liderança do campeonato na categoria Júnior Menor. Correndo pela categoria, Câmara tem alcançado resultados expressivos.

“Foi maravilhoso. Classifiquei em segundo na tomada, larguei para a primeira prova e consegui assumir a ponta e manter até o final, foi mais tranquila. Na segunda corrida, larguei de quinto em virtude da inversão do grid. N a largada pulei para terceiro, na outra volta para segunda e depois para primeiro. A final foi bem disputada, mas eu consegui abrir um pouco para não dar chance para o segundo colocado me surpreender na chegada”, disse o piloto do kart #188 da Sabiá Racing.

Rafael começou o dia fazendo o segundo melhor tempo durante a classificação. Com isso, largou da primeira fila para a primeira bateria e logo nas primeiras voltas assumiu a liderança e conseguiu manter a posição até o final, chegando com uma vantagem de mais de três segundos sobre o segundo colocado.

Para a segunda prova, Rafael partiu da quinta colocação, já que o grid foi invertido de acordo com a chegada na primeira bateria. Após partir da terceira fila, logo na largada, ele subiu para a terceira posição e foi ganhando uma posição a cada volta, até liderar a prova, abrir vantagem do pelotão junto com o vice-líder e finalizar com menos de meio segundo sobre o segundo colocado e seis segundos sobre o terceiro.

Na soma total da etapa, Câmara ficou com 22 pontos, quatro a mais que o segundo colocado Lucas Staico. Nas cinco etapas que participou do Light este ano, Câmara venceu três, nas outras ficou em segundo e terceiro lugares. Mesmo não tendo disputados todas as etapas da temporada, em virtude de compromissos com o kartismo europeu no início do ano, ele assumiu a liderança da competição (sem os descartes).

Resultados da sétima etapa da Copa São Paulo Light de Kart, em Aldeia da Serra:

Categoria Júnior Menor (Top-5)

Corrida 1
1. #188 Rafael Câmara, 22 voltas em 12min43s287

2. #200 João Pedro Maia, a 3s259
3. #110 João Victor Camargo, a 6s532
4. #11 Lucas Staico, a 7s571
5. #45 Matheus Przewalla, a 8s260

Corrida 2
1. #188 Rafael Câmara, 21 voltas em 12min15s728

2. #11 Lucas Staico, a 0s374
3. #45 Matheus Przewalla, a 6s390
4. #110 João Victor Camargo, a 9s971
5. #215 Rafael Dias, a 10s123

Classificação final da etapa (Top-5)
1. #188 Rafael Câmara, 22 pontos

2. #11 Lucas Staico, 16
3. #110 João Victor Camargo, 15
4. #45 Matheus Przewalla, 14
5. #215 Rafael Dias, 10

Classificação geral do campeonato após sete etapas disputadas (Top-5)*:
1. #188 Rafael Câmara, 60 pontos
2. #18 Guilherme Figueiredo, 57
3. #11 Lucas Staico, 51
4. #45 Matheus Przewalla, 50
5. #110 João Victor Camargo, 35
    #78 Gabriel Gomez, 35

*Pontuação extraoficial e sem descarte de resultados.

por Fernanda Goncalves 19 set, 2017

Muita corrida, disputa e mais um objetivo alcançado na carreira do jovem kartista Rafael Câmara. Na temporada de estreia na categoria Júnior Max Rotax, o pernambucano fez grandes corridas durante o Campeonato Brasileiro de Rotax, no Kartódromo da Granja Viana, em Cotia, na sexta-feira (dia 15) e sábado (16), e confirmou a vaga para o Rotax Max Challenge Grand Finals, considerado as ‘Olímpiadas do Kart’, que será disputado em Portugal, em novembro. A etapa também foi válida como segunda etapa do Torneio KGV e oitava etapa da Copa São Paulo de Kart KGV.

Câmara corria com o regulamento a seu favor e tinha uma vantagem na disputa pela vaga do Rotax Max Challenge Grand Finals na categoria Júnior Max, depois de ter conquistado a Copa Rotax. Os pontos obtidos na competição e no Brasileiro (Pré Final e Final) foram a base para definir os representantes nacionais.

E o fim de semana começou muito bom, com o piloto do kart #88 fazendo o segundo melhor tempo na tomada e partindo da primeira fila para a primeira bateria classificatória e terminando em segundo. Ainda na sexta, Rafael largou e chegou em segundo lugar.

No sábado, os pilotos foram para a pista mais duas vezes, para a Pré Final e Final. Largando novamente da segunda posição do grid na Pré Final, o pernambucano de 12 anos se manteve em uma posição confortável para largar bem e com chances de vencer na Final e terminou na terceira colocação.

Na Final, Rafa partiu da segunda fila e fez uma das melhores corridas da competição. Com trocas constantes de posição, disputas lado a lado e um final alucinante, Câmara cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, com apenas 0s179 a frente do segundo colocado Paulo Coelho.

Porém, na hora de subir ao pódio veio a surpresa: o pernambucano foi anunciado com a segunda colocação, sem nem ter tomado ciência de uma punição imposta pelos comissários, alegando um incidente com o kart #24. Mesmo com a punição, o piloto garantiu o direito de representar o Brasil no Rotax Max Challenge Grand Finals, em Portimão (Portugal), entre os dias 4 e 11 de novembro.

“Fomos pegos de surpresa na hora do pódio. Em nenhum momento fui chamado na torre, em lugar nenhum. O procedimento padrão não foi cumprido e não concordamos com a punição”, comentou o piloto.

“O objetivo de conquistar a vaga foi alcançado e ficamos felizes por poder representar o Brasil em Portugal. O Rafael lutou muito nesta prova e venceu na pista. Foi uma grande Final, ele levou muitos toques, mas nem pensamos em entrar com recurso por entender que foram situações normais de corrida. Quem acompanha o kart sabe que as corridas podem ser disputadas ao ponto de acontecerem alguns toques. Uma pena tudo o que aconteceu depois e da forma como aconteceu”, lamentou o pai do piloto, Amaro Câmara.

A bateria final completa está disponível em vídeo no site:   https://youtu.be/PUg6e6F-yPA

“Meu foco agora é me preparar para as próximas competições”, completou o piloto da Sabiá Racing. O próximo compromisso de Rafael já é neste sábado (dia 23) pela sétima etapa da Copa São Paulo Light de Kart, no Kartódromo de Aldeia da Serra, em Barueri, na Grande São Paulo.

A categoria Júnior Menor tem tomada de tempo prevista para as 8h20. A primeira corrida do dia acontece na sequência das demais categorias, com a primeira largada prevista para 9h, com a categoria Mirim. Nas quatro etapas que participou do Light este ano, Câmara venceu duas, ficou em segundo e terceiro lugares.

Aos 12 anos de idade, Câmara é um dos principais nomes do kartismo nacional atual. Entre os títulos do piloto estão o Campeonato Sul-americano Rotax 2016, Brasileiro Rotax 2016, Copa Rotax 2016 e 2017 e o prêmio Capacete de Ouro 2015 e 2016, oferecido pela Revista Racing aos destaques do automobilismo.

Resultado da Final / Campeonato Brasileiro de Rotax (Top-5):

1. #88 Rafael Câmara, 25 voltas em 19min32s576*


2. #52 Paulo Coelho, a 0s179


3. #24 Felipe Bartz, a 0s457


4. #293 Leonardo Reis, a 3s167


5. #100 Rodrigo Andrade, a 14s238


Mais Posts
Share by: